Toldos

TOLDOS Sorocaba TOLDO RETRATIL Sorocaba Toldos pergolado Votorantim



TOLDO PERGOLADO São Roque Toldo São roque TOLDOS CURVO São Roque



TOLDOS Sorocaba TOLDO RETRATIL Sorocaba Toldos pergolado Votorantim



TOLDO PERGOLADO São Roque Toldo São roque TOLDOS CURVO São Roque



(15) 3012-1049
(15) 98807-8363

Facebook Instagram
Prefeitura de Araçoiaba da Serra

Prefeitura de Araçoiaba da Serra


Prefeitura de Araçoiaba da Serra TOLDOS Sorocaba TOLDO RETRATIL Sorocaba Toldos pergolado Votorantim

A formação da Câmara Municipal de Araçoiaba da Serra, confunde-se com a própria fundação do
município.
A semente foi plantada nos idos do ano de 1825, quando o Padre Gaspar Antonio Malheiros, pároco da
paróquia de São João Batista, da Real Fabrica de Ferro do Ipanema, concorda com o Alferes Bernardino José de
Barros na mudança da Paróquia para um lugar denominado Bairro de Campo Largo, e também mudando o
padroeiro da mesma; de São João Batista para Nossa Senhora das Dores cuja esposa era devota.
Então em 12 de Dezembro de 1825 o Padre Gaspar, recebe do Alferez Bernardino uma Capela de
madeira semi-acabada para solidificar a mudança da paróquia a qual recebe o nome de Paróquia de Nossa
Senhora das Dores de Campo Largo de Sorocaba, terminando sua construção nos fins de 1826.
E então a 15 de Novembro de 1826, com grande festa é transferida da casa do Alferes Bernardino, para o
altar mor da Capela, a imagem de N. S. das Dores, e sob a proteção da Mãe Santíssima o lugar vem se
desenvolvendo, devagar, más sempre.
Até que em 14 de Novembro de 1857, através da Lei Provincial de nº 23 de 07 de Abril de 1857, o
Presidente da Câmara Municipal de Sorocaba e seu secretário procedem a instalação da Vila de Campo Largo de
Sorocaba e dá posse aos primeiros vereadores da mesma.
Informo ao leitor, que assim como ele, sou só um curioso sobre a história de Araçoiaba da Serra, não sou
um historiador nato e nem profundo conhecedor da história do município. Estas impressões foram colhidas ao
manusear folha por folha de cada livro e documentos arrebanhados para a pesquisa da qual espero ter sido o
mais fiel possível.
A intenção deste trabalho, foi apenas de deixar para os futuros e curiosos cidadãos araçoiabanos alguma
coisa sucinta para pesquisas escolares, curiosidade e informação.
Reflexão da Pesquisa – “ Povo que não conserva seus guardados é um povo sem memória, povo sem memória é
um povo que não se identifica, povo que não se identifica, não é povo, nunca será Nação”.

 






Compartilhar: